Respostas

2014-08-31T03:52:56-03:00
Levando em consideração que a estimativa existente hoje seja a de que conhecemos apenas 5% dos nossos mares e oceanos, apenas as chances de que coisas maiores que lulas colossais existam em algum canto já bastariam pra responder essa questão. Mas como estamos lidando com ciência, vamos falar biologicamente. Carcharodon Megalodon é o nome científico de um monstro (eu o considero assim), que viveu no período Miloceno, entre 20 e 1.6 milhoes de anos atrás. Seus dentes eram do tamanho da mão aberta de um homem e ele media de 16 a 20 metros de comprimento, e se alimentava de basicamente qualquer coisa que estivesse viva (ou não). O seu parente mais conhecido nos dias atuais é o Tubarão-branco, extremamente comum já que habita todos os oceanos, de um polo ao outro, sem predadores naturais, exceto talvez a Orca, mas embates entre essas espécies são raros. Em 1959, 21 de Abril, um pescador capturou um branco gigante na costa de Ceduna, na Austrália. O animal pesava 1.2 toneladas e media um pouco mais de 5 metros.
   Daí temos outras espécies, como a  lula colossal (a maior já encontrada media quase 14 metros de comprimento e 4 toneladas), o tubarão baleia (o maior espécime encontrado media 12 metros e foi encontrado morto no Paquistão), e outras espécies estranhas mas não tão grandes assim, como o Tubarão cobra, crocodilos do mar, peixes pescadores, lulas vampiras... e etc.
   Sinceramente, se você vir uma foto de uma lula vampira, você simplesmente vai achar fácil achar que pode haver coisas realmente assustadoras ainda ocultas nos oceanos. Animais que vivem em zonas abissais ou que simplesmente ainda não trombaram com uma sonda humana.