ENEM, 2012)Nós, brasileiros, estamos acostumados a ver juras de amor, feitas diante de Deus, serem quebradas por traição, interesses financeiros e sexuais. Casais se separam como inimigos, quando poderiam ser bons amigos, sem traumas. Bastante interessante a reportagem sobre separação. Mas acho que os advogados consultados, por sua competência, estão acostumados a tratar de grandes separações. Será que a maioria dos leitores da revista tem obras de arte que precisam ser fotografadas antes da separação? Não seria mais útil dar conselhos mais básicos? Não seria interessante mostrar que a separação amigável não interfere no modo de partilha dos bens? Que, seja qual for o tipo de separação, ela não vai prejudicar o direito à pensão dos filhos? Que acordo amigável deve ser assinado com atenção, pois é bastante complicado mudar suas cláusulas? Acho que essas são dicas que podem interessar ao leitor médio.Fonte: Disponível em: <http://revistaepoca.globo.com>. Acesso em: 26 fev. 2012.O texto foi publicado em uma revista de grande circulação na seção de carta do leitor. Nele, um dos leitores manifesta-se acerca de uma reportagem publicada na edição anterior. Ao fazer sua argumentação, o autor do texto



rebate o enfoque dado ao
tema pela reportagem, lançando novas ideias.
oferece dicas para orientar as pessoas em processos de separação.
faz uma síntese do que foi abordado na
reportagem.
discute problemas conjugais que conduzem à
separação.
aborda a importância dos advogados em processos
de separação.

1
Pessoal resposta correta: Rebate o enfoque dado ao tema pela reportagem, lançando novas ideias.
Correto !

Respostas

2014-09-03T00:52:51-03:00
Talvez nao seja a melhor pessoa habilitada para responder, mas a partir da minha interpretação, posso constatar que a resposta correta provávelmente é A
correto
Rebate o enfoque dado ao tema pela reportagem,lançando novas ideias ^^