A cólera é uma enfermidade infecciosa aguda, não-dolorosa, que se caracteriza por um começo abrupto com vômitos, náuseas e diarréias, ocasionando severa desidratação (perda de líquido diária, podendo alcançar 20 litros), que se reflete clinicamente por estado de sonolência do paciente, pele seca e enrugada, temperatura anormal, câimbra muscular, hipotensão arterial, oligúria e colapos circulatório. A morte, presente em mais de 50% dos casos não-tratados, é reflexo de um colapso ou necrose tubular ocasionada por choque hipolêmico e desidratação. O diagnóstico se confirma pelo cultivo de vibriões coléricos no organismo ou vômitos. Na maioria dos casos, o vírus é destruído na boca, mas sobretudo nas zonas de cólera endêmica, muitos habitantes apresentam acloridria ou hipocloridria, fazendo com que seu suco gástrico não consiga destruir seusmicroorganismoo. De todo modo, o que afirmou o Dr. Domingo Cabred do Manicômio As Mercedes, há mais de um século, continua vigente: há uma predisposição particular que os dementes apresentam à infecção em especial, os desasseadas'' a) Diga em que grave erro de sistemática incorreu o autor na redação do texto acima. b) Apartir das campanhas desenvolvidas nos meios de comunicação, enumere duas formas de prevenção e duas de tratamento à doença em questão, respectivamente.

1

Respostas

2013-03-19T00:12:41-03:00

 

O erro grave apresentado no texto foi citar como um vírus o causador da cólera, o que na verdade é uma bactéria.      Prevenção: De preferência, consuma água mineral engarrafada ou outras bebidas industrializadas. Lembre de lavar as mãos com água e sabão antes de comer      Tratamento: A reidratação é a medida terapêutica mais importante no tratamento da cólera.  O uso de medicamentos, inclusive antimicrobianos, deve ser requisitado e acompanhado por um médico quando necessário.  
6 4 6